“E Tudo o Morto Levou”, no Cine-Teatro São Brás, com Marina Mota.

A atriz Marina Mota, apresenta-se a 12 de março, sábado, no Cine-Teatro São Brás, em São Brás de Alportel, com a comédia “E tudo o Morto Levou”. Este espectáculo marca o regresso de Marina Mota aos palcos. A acompanhá-la em cena terá Rui de Sá, Marisa Carvalho e Nuno Pires, numa comédia hilariante que promete dar muito que falar. O espectáculo conta com direção de actores e encenação de Marina Mota e direcção plástica de Helena Reis. O texto ficou a cargo de Roberto Pereiraque tem surpreeendido Portugal com a qualidade dos seus textos, como é o caso da célebre telenovela da TVI “Festa é Festa”.

SINOPSE
‘E Tudo o Morto Levou’ é uma comédia teatral protagonizada por Marina Mota, que decorre durante um velório, num largo de um bairro na periferia de Lisboa. A noite vai passando e por aquela capela vão surgindo um sem número de personagens que toda a gente, pelo menos uma vez na vida, já viu num velório, ao vivo. Ou… ao morto, neste caso.
Quando tudo leva a crer que se trata de mais um velório como tantos outros, eis que o insólito acontece: Isabel, a recém-viúva, é confrontada com o marido, que lhe aparece à frente com um ramo de flores. Afinal, não é ele quem está no caixão, mas, sim, o tipo que lhe roubou o carro e todos os bens que trazia consigo, incluindo a roupa. A interior, também…
E eis que nesse momento da grande e perturbante revelação, surge a grande questão de Isabel: contar toda a verdade ou ficar com o dinheiro do seguro de vida, passando o marido por morto? Para todos os efeitos, já está velado e tudo…
Está dado o ponto de partida para uma comédia frenética, de enganos e com um ritmo grande de entrada e saída de personagens, alguns dos quais “míticos” na já vasta carreira da actriz Marina Mota – como a carismática Matilde, o irreverente Bisnaga e/ou Usbatnavó, que irão ganhar novamente vida nesta comédia, que promete pôr Portugal a rir nos palcos de Norte a Sul do País.

Reservas e informações: 289 840 211.