Projeto “Tampinhas Solidárias” da EMARP Contribui para Causas Sociais em Portimão

Entre março de 2022 e dezembro de 2023, a EMARP (Empresa Municipal de Águas e Resíduos de Portimão) arrecadou 1800 kg de tampas de plástico e rolhas de cortiça no âmbito do projeto “Tampinhas Solidárias”. Os materiais foram entregues à Associação Espiral de Vontades. O projeto, integrado na iniciativa “TODOS A CUIDAR”, envolveu a instalação de quatro suportes em locais estratégicos, visando promover boas práticas alinhadas com os princípios de Desenvolvimento Sustentável e Responsabilidade Social. A coleta de tampas plásticas tem um impacto positivo, podendo ser convertida em apoio monetário para causas sociais. A contrapartida das “tampinhas” entregues à Associação Espiral de Vontades destina-se ao apoio de David Duarte, um jovem de 12 anos com paralisia cerebral, que necessita de terapias adequadas à sua condição. Além das tampas plásticas, a EMARP também encaminha à associação todas as rolhas de cortiça recolhidas na sua sede.

Golfinho Resgatado com Sucesso por Equipas de Salvamento na Ria de Alvor

E, agora uma história feliz…

O Comando-local da Polícia Marítima de Portimão e a Estação Salva-vidas de Ferragudo resgataram um golfinho que ficou preso num viveiro de amêijoa na ria de Alvor. O resgate foi efetuado em resposta a um alerta recebido às 14h12. Os elementos da Polícia Marítima, a tripulação da Estação Salva-vidas de Ferragudo e um técnico do “Zoomarine” foram mobilizados para o local. O golfinho, encontrado em risco de vida devido à aproximação da baixa-mar, foi resgatado e devolvido ao seu habitat natural.

Cooperativa de Construção em Portimão Devolve Valores a Associados que não Concretizaram Aquisição de Habitação

informação importante

A Cooperativa de Construção e Habitação Económica Instaladora do Concelho de Portimão, CRL, anunciou a conclusão bem-sucedida do processo de venda dos seus bens imóveis, dando assim início à devolução dos montantes aos associados que, em determinado momento, contribuíram financeiramente para a aquisição de habitação mas não concretizaram o processo.

A cooperativa, sediada no Bairro Independente, lote 17, cave, Vale de Lagar, Portimão, está agora a convidar os associados afetados por esta situação a comparecerem no escritório localizado na Rua da Cooperativa, lote 3, cave, Vale de Lagar, Portimão, para receberem os montantes correspondentes.

Horário de Atendimento:

  • Segunda a Sexta-feira: 9h00 às 12h30 e 14h30 às 17h00.

Esta iniciativa representa um esforço da cooperativa em garantir a transparência e a restituição adequada aos seus membros. Os associados são incentivados a aproveitar esta oportunidade para resolver as questões pendentes relacionadas com a contribuição financeira para a aquisição de habitação.

Para mais informações, os interessados podem entrar em contato com a cooperativa através dos meios de comunicação disponíveis no escritório.

A Cooperativa de Construção e Habitação Económica Instaladora do Concelho de Portimão, CRL, agradece a compreensão e cooperação dos associados nesta fase de devolução financeira.

Publicado em
Categorizado como Informação

Homem que usava o golpe do WhatsApp para burla qualificada é preso preventivamente

Durante o primeiro interrogatório judicial, um homem de 41 anos, suspeito de praticar o crime de burla qualificada através do WhatsApp, teve a medida de coação mais severa aplicada: prisão preventiva. A informação foi confirmada por fontes da Polícia Judiciária (PJ) à agência Lusa.

A detenção ocorreu após o cumprimento de um mandado de busca domiciliária pelo Departamento de Investigação Criminal de Leiria da PJ. O comunicado divulgado na sexta-feira pela PJ destacou que o suspeito, de nacionalidade estrangeira, foi detido em flagrante delito. Durante a operação, foram apreendidos sete ‘modems’, cada um acoplado a 32 cartões SIM, totalizando 224 cartões em funcionamento simultâneo.

A investigação revelou que o suspeito utilizava expressões como “olá pai, olá mãe” para interagir com terceiros, realizando esquemas semelhantes em território nacional e noutros países europeus. O comunicado detalhou que o indivíduo usava os ‘modems’ para enviar milhares de mensagens por dia, explorando a vulnerabilidade de vítimas, muitas delas idosos.

As vítimas eram levadas a acreditar que estavam a falar com seus filhos em dificuldades financeiras, resultando em transferências/pagamentos que, em alguns casos, alcançaram milhares de euros. O golpe, conhecido por “olá pai, olá mãe”, vinha crescendo, afetando vítimas em todo o território nacional e em diversos países europeus.

A PJ recebeu mais de 200 denúncias na área de intervenção do Departamento de Investigação Criminal de Leiria, totalizando prejuízos que ultrapassam os 100 mil euros. A investigação revelou o uso massivo de cartões SIM, com milhares de cartões apreendidos, tanto já utilizados em atividades criminosas quanto por utilizar.

O comunicado destacou que o Departamento de Investigação Criminal de Leiria registou mais de 200 denúncias, totalizando prejuízos que ultrapassam os 100 mil euros. O departamento, que cobre 24 concelhos nos distritos de Leiria e Santarém, identificou coincidências entre inquéritos e observou o uso acentuado de números de telemóveis irrepetíveis de operadoras nacionais.

O suspeito, sem antecedentes criminais em Portugal, foi detido após uma extensa investigação que começou em setembro. A PJ já identificou seis burlas nos autos, mas suspeita de um número significativamente maior de casos cometidos pelo indivíduo. O suspeito, segundo fontes, dedicava-se integralmente a essa atividade criminosa.

Fonte: Lusa